terça-feira, 31 de março de 2009

Póvoa de Varzim - Fábrica de heróis... (1)


João Martins Areias
(Patrão Sérgio)
24.01.1846 - 14.04.1911

Foto Serafim Marques - Colecção Lobos do Mar
Edição Livraria Camões - Póvoa de Varzim

Foi pescador, filho de mestre das lanchas e patrão do salva-vidas, herdando o lugar deixado por seu pai, que por sua vez foi sucessor do Cego do Maio. A sua coragem, valentia e abnegação foram impares no resgate e salvamento de mais de 100 vidas.

Manuel António Ferreira
(Patrão Lagoa)
14.06.1866 - 07.07.1919

Foto José Neta - Colecção Lobos do Mar
Edição Livraria Camões - Póvoa de Varzim

Foi pescador e patrão do salva-vidas. Notabilizou-se no salvamento dos náufragos do cruzador português “São Raphael”, na foz do rio Ave, em 20.11.1911 e no resgate de grande número de passageiros e tripulantes do paquete inglês “Veronese”, próximo à Capela da Boa Nova, em Leça da Palmeira a 13.01.1913. Interveio igualmente no salvamento dum grande número de marítimos e pescadores, em risco de vida na enseada poveira.

4 comentários:

Ana Maria Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Maria Lopes disse...

Muito curiosas estas figuras da Póvoa. Normalmente, patrões de salva-vidas, que salvaram muitas vidas, arriscando a sua própria vida. Lembram-me um pouco os chamados ícones da Costa-Nova, como o Arrais Ançã e outros, que também foram condecorados, por motivos idênticos.
Saudações "maríntimas".

fangueiro.antonio disse...

Bom dia.

Realmente figuras notáveis da Póvoa e sempre muito presentes no imaginário local, mesmo nas gerações mais novas. A Póvoa era sem dúvida uma "fábrica" de nobres relações com o mar (e não só), mas hoje pouco ou nada se vê dessa "fábrica". Como na maioria das comunidades piscatórias, a sua etnografia é hoje moribunda e resiste nos mais velhos. Em palavras simples, quando quem dirige e "politiza" nunca esteve ligado ao mar... obviamente que este e o seu universo são sub-entendidos.

Atentamente,
www.caxinas-a-freguesia.blogs.sapo.pt

Edson Areias disse...

Muito bom encontrar o registro de meu bisavô, João Martins Areias, o Patrão Sérgio,nesta página.

O último ascedente de que tenho notícia é meu trisav^^o, José MArtins Areias, Às vezes chamado de " Mestre Sérgio" que sucedeu o Cego do MAio.

Agradeceria se algum pesquisador pudesse enviar-me mais informações.

Edson Martins Areias, advogado
Brasília, DF, Brasil
areias@conttmaf.org.br