quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Comp. Portuguesas - A Nacional de Navegação


Os navios
(Continuação)

Nº 71 - n/m “ Novo Redondo “
1970-1983

O navio "Novo Redondo"

Nº Oficial : I-382 > Iic.: C.S.B.Z. > Registo : Lisboa (8.5.1970)
Construtor : Burmeister & Wain, Copenhaga, Dinamarca, 07.1963
ex “Ferncape”, Fearnley & Eger A/S, Oslo, Noruega, 1963-1970
dp “Eleni”, Vaniza Shipping Co. Ltd., Piréu, Grécia, 1983-1985
Tonelagens : Tab 10.936,98 to > Tal 7.921,56 to > Porte 15.838 to
Cpmts.: Ff 158,28 mt > Pp 149,22 mt > Bc 20,62 mt > Ptl 11,68 mt
Máq.: B. & Wain, Dinamarca, 1963 > 1:Di > 8.700 Bhp > 15 m/h
Demolido em Bombaim, em Maio de 1985

Nº 72 - n/m “ Porto Amélia “
1970-1972

O navio "Porto Amélia"

Nº Oficial : I-384 > Iic.: C.S.C.F. > Registo : Lisboa (10.1.1972)
Construtor.: Zosen Mitsui Eng. Co., Tamano, Japão, 23.01.1961
ex “Tenos”, Rederi A/B Sirius, Helsingborg, Suécia, 1960-1970
dp “Porto Amélia”, Companhia Moçambicana, 1972-1975
dp “Pemba”, Companhia Moçambicana, L. Marques, 1975-1986
Tonelagens : Tab 5.090,98 to > Tal 2.724,51 to > Porte 7.942 to
Cpmts.: Ff 138,42 mt > Pp 130,48 mt > Bc 18,33 mt > Ptl 7,35 mt
Máquina : Mitsui, Japão, 1960 > 1:Di > 4.800 Bhp > 11 m/h
Demolido em Gadani Beach, Paquistão, em 26.07.1986

Nº 73 - n/m “ Cassinga “
1971-1986

O navio "Cassinga"

Nº Oficial : I-387 > Iic.: C.S.C.G. > Registo : Lisboa (10.3.1971)
Cttor.: Stocznia Szczecinska, Stettin, Polónia, 31.12.1970
dp “João de Barros”, Portline, Lisboa, 1986
dp “Aden”, Dallan Chemical Corp., La Valetta, Malta, 1992-1994
Tnlgs.: Tab 19.509,60 to > Tal 14.344,81 to > Porte 32.193 to
Cpmts.: Ff 202,07 mt > Pp 188,98 mt > Bc 24,46 mt > Ptl 13,93 mt
Máquina : Sulzer Poznan, 1970 > 1:Di > 11.200 Bhp > 14,5 m/h
Demolido em Fuzhou, China, em 14.05.1994

Nº 74 - n/m “ Manica “ (2)
1971-1986

O navio "Manica"

Nº Oficial : I-399 > Iic.: C.S.C.W. > Registo : Lisboa (1.9.1971)
Cttor.: Deutsche Werft A.G., Hamburgo, Alemanha, 27.04.1961
ex “Kulmerland”, Hapag, Hamburgo, Alemanha, 1961-1971
Tonelagens : Tab 9.247,72 to > Tal 6.006,59 to > Porte 11.282 to
Cpmts.: Ff 157,19 mt > Pp 147,90 mt > Bc 19,21 mt > Ptl 11,17 mt
Máquina : Man, Nuremberga, 1960 > 1:Di > 10.000 Bhp > 16 m/h
Vendido para demolição em Lisboa, em 1986

Nº 75 - n/m “ Alexandre Silva “
1972-1972

O navio "Alexandre Silva"

Nº Oficial : G-450 > Iic.: C.S.F.C. > Registo : Lisboa (1972)
Construtor : Companhia União Fabril, Lisboa, 05.1943
ex “Alexandre Silva”, Sociedade Geral, Lisboa, 1943-1972
Tonelagens : Tab 1.746,42 to > Tal 961,57 to > Porte 3.215 to
Cpmts.: Ff 93,15 mt > Pp 88,67 mt > Bc 12,84 mt > Pontal 7,29 mt
Máquina : Sulzer Frères, 1939 > 2:Di > 1.700 Bhp > 12 m/h
Vendido para demolição em Bilbao, Espanha, a 27.11.1972

1 comentário:

rato disse...

A 17 de Abril, 1949, encalhou gravemente nas rochas entre Miramar e Francelos, frente à barra do Douro, em viagem para Leixões, de madrugada debaixo de intenso nevoeiro, ficando em posição muito crítica, incrustadado pelo extenso pélago rochoso, a cerca de 800 metros da Capela do Sor. da Pedra.
Figª1: https://lh3.googleusercontent.com/-YvpYeUc3-zg/UT-0M6DLNnI/AAAAAAAAAvQ/lqLW8KWwke0/s821/Scan_Pic0112.jpg
Figª2: https://lh5.googleusercontent.com/-5jX_F8CQbu8/UT-yloherWI/AAAAAAAAAvI/8HezVvZ93PU/s821/Scan_Pic0111.jpg
Figª3: https://lh3.googleusercontent.com/-zvcgtrVeXaM/UT-1LY_lgeI/AAAAAAAAAvY/plANAl8bsQ8/s821/Scan_Pic0113.jpg
Figª4: https://lh6.googleusercontent.com/-En3tzVxWf50/UT-2OhqvH8I/AAAAAAAAAvg/wxBSdbWhdiA/s821/Scan_Pic0114.jpg
Figª5: https://lh5.googleusercontent.com/-REZSLCUHeZc/UT-3KUjb75I/AAAAAAAAAvo/nsGCnKh4SWY/s821/Scan_Pic0115.jpg
No dia 29 de Julho foi retirado do leito rochosa onde jazia, depois de laborioso trabalho de salvamento, levado a cabo pelos meios técnicos da Sociedade Geral e dos Estaleiros da C.U.F. Lisboa, que teimosa e orgulhosamente capricharam em salvar uma das primeiras construções da Casa mesmo depois de desenganados pelos técnicos holandeses do salvadêgo Fritjof que ali acorrera...
E a 6 de Agosto,1949, depois dos indispensáveis trabalhos de consolidação, navega para Lisboa, a reboque do "Monsanto" e escoltado pelo "Dom Luis" e de braço-dado com o "Estoril", como se vê na foto, com destino aos Estaleiros da Casa-mâe...