sábado, 2 de fevereiro de 2008

Frotas nacionais - A Econave


Econave - Companhia Costeira e Oceânica de Navegação, Lda.

Em função da notícia publicada na imprensa da época, pouco mais haverá a dizer em relação aos propósitos e fundamentos, que estiveram na origem da Companhia. Pelo cuidado posto na apresentação da empresa e pelo bom gosto nas linhas e modelos dos navios escolhidos, só se pode lamentar a situação precária a que a empresa chegou, obrigando ao seu encerramento.
Mais grave se revelou a pobreza da frota nacional, sem incentivos e sem a coragem necessária de agentes privados, com idênticos dotes de iniciativa empresarial, para com uma organização capaz ousar «copiar» aqueles que tentaram alargar horizontes, através das estradas marítimas internacionais.

1ª Parte



" Eco Landes "
Nacionalidade: Portuguesa - Registo: Lisboa 16.08.1973


O "Eco Landes" - imagem (c) Fotomar

Em serviço 1973-1981
Ctdo. pela Companhia União Fabril, Lisboa, 1968
ex "Maria Christina" - Sociedade Geral, 1957-1968
ex "Landes" - Agência Frenave (Gallia Line), 1968-1973
Tonelagens: Tab 769,00 to > Tal 407,00 to > Pm 1.239 to
Cpmts.: Ff 55,83 > Pp 51,16 mt > Bc 8,70 mt > Ptl 6,15 mt
Máquina: B & Wain > 1:Di > 600 Bhp > 280 Rpm > 11 m/h
Utilizado nas carreiras para o Norte de África e Mediterrâneo.
Vendido a Greco Brasileira, S.A., nome "Argyro de Moreno"
Naufragou ao largo da Ilha de Chipre, a 10.10.1981, em consequência de explosão na casa da máquina, no decorrer de uma viagem de Setúbal para Lattakia.


" Eco Sado "
Nacionalidade: Portuguesa - Registo: Lisboa 24.08.1973


O "Eco Sado" - imagem (c) Fotomar

Em serviço 1973-1981
Ctdo. no estaleiro Frederikshavn A/S, Frederikshaven, 1972
ex "Merc Asia" - Per Henriksen, 1972-1973
Tonelagens: Tab 499,00 to > Tal 326,00 to > Pm 1.282 to
Cpmts.: Ff 76,61 > Pp 68,03 mt > Bc 12,21 mt > Ptl 6,51 mt
Máquina: Alpha A/S > 1:Di > 1.250 Bhp > 225 Rpm > 12 m/h
Vendido a Maghreb Navigation S.A., nome "Meriem", 1981-1989
Vendido, muda o nome para "Dilshan", 1989-1990
Fretado, muda o nome para "Jenna", 1990-1990
Devolvido, muda o nome para "Dilshan", 1990-1991
Vendido, muda o nome para "Frieda", 1991-1995
Vendido, muda o nome para "Grinna", 1995-??
Desconhecemos qual o destino dado a este navio.


" Eco Douro "
Nacionalidade: Portuguesa - Registo: Lisboa 27.08.1973


O "Eco Douro" - imagem (c) Fotomar

Em serviço 1973-1983
Ctdo. no estaleiro Gebr. Schurenstedt, Bardenfleth, 1968
ex "Craigavad" - Part. Kg Seetr. GmbH., 1968-1973
Tonelagens: Tab 499,00 to > Tal 325,00 to > Pm 1.280 to
Cpmts.: Ff 73,51 > Pp 68,03 mt > Bc 12,81 mt > Ptl 6,15 mt
Máquina: Atas-Mak > 1:Di > 1.500 Bhp > 320 Rpm > 13 m/h
Inaugurou a 05.09.1973 a carreira das Ilhas Britânicas.
Amarrou de 1981 a 1983.
Vendido, muda o nome para "Coadouro", 1983-??
Mantem-se actualmente a navegar na Ilha da Madeira, operando na extracção de areias.


" Eco Tejo "
Nacionalidade: Portuguesa - Registo: Lisboa 29.06.1973


O "Eco Tejo" - imagem (c) Fotomar

Em serviço 1973-1983
Ctdo. no estaleiro Frederikshavn A/S, Frederikshaven, 1973
ex "Merc Continental" - Per Henriksen, 1973-1973
Tonelagens: Tab 499,00 to > Tal 326,00 to > Pm 1.372 to
Cpmts.: Ff 76,61 > Pp 68,03 mt > Bc 12,30 mt > Ptl 6,51 mt
Máquina: Alpha A/S > 1:Di > 1.230 Bhp > 225 Rpm > 12 m/h
Inaugurou a partir de 19.08.1973 a carreira do Mediterrâneo.
Desarmou em Roterdão a 08.03.1983
Vendido a Topocean, Ltd., com o nome "Douro", 1987-1987
Vendido, muda o nome para "Kai Yuan", 1987-1997
Vendido, muda o nome para "Chang Bao", 1997-2001
Vendido, muda o nome para "Hong Da", 2001-2001
Vendido, muda o nome para "Hai Ji Xiang", 2001-??
Desconhecemos qual o destino dado a este navio.

4 comentários:

Luis Carvalhas disse...

Boa noite.
É com enorme saudade que recordo o dia 16.08.1973, tinha nessa altura 16 anos de idade, em que tive a felicidade de pertencer aos quadros da empresa FRENAVE-Soc.Port.Fret.& Consig.,Lda....meu primeiro emprego...secção de contabilidade..."onde me preparei" para a vida...a "minha escola"...onde me fiz homem!!
Colegas...amigos...que recordo com imensa saudade...alguns já partiram...Jaime...Rui...Florinda...Cautelas...
Presentemente tenho 55 anos de idade..."desde então muita água passou por debaixo da ponte"...
Foi muito bom, passar por este cantinho e reviver momentos únicos, da minha juventude...
Lamentavelmente vou ter que deixar as considerações...algumas lágrimas de saudade, teimosas insitem em percorrer-me o rosto...constrangido...
Beijos e abraços para meus amigos que guardo bem fundo no meu coração...num "baú" chamado VIDA.
Quem sabe um dia nos voltaremos a encontrar...
Como seria bom!!!
Sou:Luis Manuel Pinto Carvalhas

Carlos Valério disse...

Boa tarde,
Recordo com imensa saudade esta escola de vida, onde partilhei das amizades mais sinceras, todos aqueles que me rodeiam incluindo as empresas por onde posteriormente passei sabem que sempre afirmei que a Econave foi e será sempre a melhor empresa onde trabalhei. Não esqueço a nossa secção social,o nosso Maio Florido as nossas festas as amizades construídas. Para aqueles que partiram e foram muitos há uma pessoa que me deixou uma enorme saudade e que nunca mais esquecerei(perdoem-me todos os outros) mas a minha querida amiga Florinda.Mantenho e amizade com alguns ex colegas. Bem ajam todos aqueles que partilham ou partilharam esta forma de estar na vida. Sou o Carlos Valério (contas de escala).Um grande abraço

reimar disse...

Muito boa noite a ambos!
Seria muito interessante poder trocar ideias e dividir o conhecimento de momentos vividos com amigos comuns, vossos colegas do Porto.
Todavia, sem o respectivo contacto não poderei fazê-lo a não ser que
queiram utilizar o meu mail que está disponível no blog.
Um grande abraço e até sempre,
Reinaldo Delgado

Luis Manuel Pereira disse...

Boa tarde,

Na procura de memórias da minha infancia encontrei este blog e nomeadamente esras histórias sobre a Econave e relembrei momentos muito felizes da minha infancia/juventude.
Meu nome é Luis Manuel Pereira e sou filho de Jacinto Pereira Rosa que muitos e muitos anos trabalhou na Frenave tendo no final chegado a Encarregado Geral de Tráfego, hoje o meu pai está com 80 anos a saude já não é muita embora a memória ainda esteja muito boa.
Estes navios, os escritórios da Praça D. Luis tudo isso me lembra bons momentos da infancia em que um homem pequeno (tenho hoje 45 anos) se sentia muito grande.
Uma empresa fabulosa com um sentido social que ainda hoje passados tantos anos não se encontra, prendas no Natal para os filhos dos empregados, cheguei a ter acções da companhia de gás e electricidade, estamos a falar do inicio dos anos 70, uma empresa muito a frente para a época mesmo muito a frente. O patrão Amaral e familia que será feito dessa gente corajosa?
Tambem o meu tio Manuel Pereira Rosa trabalhou na Frenave muitos anos infelizmente já faleceu a uns anos.
Gostava se fosse possivel de juntar algumas pessoas desse tempo e fazer uma surpresa ao meu pai, sei que é dificil, sei que provavelmente esta mensagem não vai ser vista, mas no caso de ser deixo o meu e-mail de contacto luismanuel.pereira@sapo.pt.
Aguardo alguma resposta quanto mais não seja para lembrarmos tempos que foram realmente bons.