quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

A bandeira Portuguesa no mar - o "Princess Danae"

O " Princess Danae "

Este navio notável em termos de longevidade, foi mandado construir pela Companhia Inglesa Port Line nos famosos estaleiros Harland & Wolff, sediados em Belfast, onde entre muitas outras construções, o "Titanic" será o mais memorável. É portanto óbvio afirmar que uma boa parte da história da Marinha Mercante dos primeiros 60 anos do século XX, teve por direito próprio um grande berço Escocês.
Foi intenção da Port Line encomendar navios de carga rápidos, que seriam utilizados na ligação entre portos Ingleses e Australianos, sendo considerado pronto em Julho de 1955. Foi baptizado "Port Melbourne" e colocado numa carreira expresso regular, navegando habitualmente à velocidade de 18 milhas por hora.
Face aos bons resultados apresentados, manteve-se em serviço durante 17 anos consecutivos. Mas a idade não perdoa, pelo que restam 2 alternativas; o regresso dispendioso ao estaleiro para manutenção e modernização ou a escolha lógica de colocar o navio no mercado de vendas.

O "Port Melbourne - postal da Companhia

A decisão da venda estava tomada, confirmada no decorrer de 1972 em favor do armador Grego John Karras, que lhe troca o registo Inglês pelo Liberiano, rebaptiza o navio "Therisos Express", que regressa a estaleiro local, onde deverá ser reconvertido em ferry, para utilização como transporte de passageiros e automóveis. Contudo com o evoluir muito favorável do mercado de cruzeiros, leva à completa alteração dos planos, pelo que findos os trabalhos reaparece um novo navio com o nome "Danae", colocado para operar no Mediterrâneo, através do agente Delian Cruises, tendo-se mantido em serviço até 1979.

O " Danae " - postal do Operador

Em 1979 entra num prolongado fretamento da Costa Cruises, que opta por manter o nome do navio, mas substitui o registo para Itália. No final do contrato em 1985, a Companhia Costa decide-se pela compra do navio, que navega com bastante regularidade até 1991, altura em que o navio foi vitima de um violento incendio, quando atracado no porto de Veneza. Como o casco se apresentava em bom estado, foi novamente colocado à venda.

O " Danae " - postal da Costa Cruises

Cerca de um ano e meio depois, num período de paragem em estaleiro, para efectuar grande reparação, é entregue ao novo proprietário a Prestige Cruises, com o nome "Starlight Princess", que altera nesse mesmo ano de 1992 para "Anar", ficando registado nas Ilhas de S. Vicente e Granadines, realizando viagens de cruzeiro, operados pela empresa Capricorn Maritim Cruises.

Em 1994 entra novamente em negociações, sendo comprado em Abril pelo operador Flax International, que utiliza registo no Panamá, continuando a navegar desde então com o nome "Baltica", operando principalmente no mercado de cruzeiros escandinavo.

O " Baltica " - postal da Companhia

Desde Fevereiro de 1986, passa finalmente a navegar com a bandeira Portuguesa, primeiro com management da Arcalia Shipping e depois integrando a frota da International Classic Cruises.

O " Princess Danae " - postal da Arcalia Shipping

Ficando com base de operações a partir de Lisboa, tem realizado cruzeiros junto do mercado nacional e mais recentemente operou no mercado Inglês, num contrato de fretamento efectuado através da Agência Travelscope.
O navio disponibiliza cerca de 650 camas, distribuídas por 205 camarotes. O atendimento está a cargo de 245 tripulantes, sendo que os Oficiais são de nacionalidade Portuguesa. E apesar da idade ainda oferece umas agradáveis 17 m/h.

O " Princess Danae " - Postal da Companhia

Na actualidade o navio apresenta as seguintes características :

Registo : Madeira > Nº Id IMO : 5282483 > IIC : CQTK
TABruta : 16.531 to > TALiquída 4.959 to > Peso morto : 3.649 to
Comprimentos : Ff 162,31 mts > Pp 151,80 mts > Boca 21,44 mts

Como curiosidade sublinhamos a existência de um navio gémeo de berço, o "Port Sydney", que ainda recentemente se mantinha igualmente a operar no mercado de cruzeiros, navegando com o nome "Switzerland".

5 comentários:

A VER NAVIOS disse...

Finalmente!
Alguém conta a vida, porque os navios teem vida, deste paquete. Tem bandeira portuguesa à popa, infelizmente de segunda classe, mas do mal o menos.

BLUE MOON I disse...

Sweja bem vindo, a este nosso " mar". Muito bem. Muito bem.
E muito bem!
Tem é de retirar sff. os palavrões que nos obriga a escrever.

LUIS MIGUEL CORREIA disse...

O irmão gémeo do PRINCESS DANAE foi comprado recentemente pelo mesmo armador (George P. Potamianos) e chegou a Lisboa a 25 de Janeiro de 2008 para sofrer uma importante modernização. O navio chama-se actualmente OCEAN MONARCH e vai passar a designar-se PRINCESS DAPHNE após cumprir no próximo verão um fretamento com um operador alemão.

Celeste disse...

Viajamos pela costa Brasileira em 2000 e 2001 neste maravilhoso navio e ficamos encantados com os excelentes serviços. Foi tudo maravilhoso, e guardamos com muito carinho e saudades!
Celeste de Fátima Pereira Lorga.SP Brasil.

Jorge Luís de Souza disse...

Eu e meu filho Junior viajamos pela 1a. vez e neste lindo navio pela costa nordestina. Uma viagem incrível, fantástica. Sentimos saudades. Curiosamente tive uma aluna de Cabo Verde que chama-se Crisandra Danae, também uma "Princess". A partir deste navio o Princess Danae tomei muito gosto pelas viagens marítimas. Por onde andas? Felicidades Princess Danae. Prof. Jorge Luis Riscado - Maceió, Alagoas, Brasil.